Conhecer melhor os colegas através da história de nossos nomes

Estrutura Curricular

MODALIDADE / NÍVEL DE ENSINOCOMPONENTE CURRICULARTEMA
Educação InfantilLinguagem oral e escritaFalar e escutar
Educação InfantilMatemáticaNúmeros e sistemas de numeração (contagem; notação e escrita numéricas e operações)

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

As crianças na faixa etária de quatro anos de idade poderão com esta aula:

Perceber o seu nome como uma designação de si mesma.
Conhecer alguns aspectos da história de nossos nomes (quem escolheu? por que escolheu? O que significa?).

Estabelecer relações entre a história de seu nome e a dos colegas reconhecendo semelhanças e diferenças.

Participar da construção de tabelas e gráficos para registrar dados sobre a escolha dos nomes das crianças.

Perceber a diferença entre tabelas e gráficos.

Realizar leituras de dados contidos em tabelas e gráficos

Duração das atividades

Três aulas com cerca de 50 minutos

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para participar destas aulas os alunos não necessitam ter conhecimentos prévios sobre o tema.

Estratégias e recursos da aula

ATIVIDADE 1 – Pensando sobre a função do nosso nome

1º momento: O professor inicia a aula lendo para a turma o poema “Nome da gente” de Pedro Bandeira:

NOME DA GENTEEU NÃO GOSTO DO MEU NOMENÃO FUI EU QUEM ESCOLHEU.EU NÃO SEI PORQUE SE METEMCOM UM NOME QUE É SO MEU.O NENÊ QUE VAI NASCER VAI CHAMAR COMO O PADRINHOVAI CHAMAR COMO O VOVÔ MAS NINGUÉM VAI PERGUNTARO QUE PENSA O COITADINHO.FOI MEU PAI QUEM DECIDIUQUE O MEU NOME FOSSE AQUELEISSO SO SERIA JUSTOSE EU ESCOLHESSE O NOME DELE.QUANDO EU TIVER UM FILHONÃO VOU POR NOME NENHUMQUANDO ELE FOR BEM GRANDEELE QUE PROCURE UM.

Fonte: http://www.livrariascuritiba.com.br  

Após a leitura do poema, o professor pergunta para as crianças se elas concordam com o que o poeta diz no final do poema. Nesse momento o professor deve solicitar que as crianças justifiquem as suas respostas. Em seguida, o professor pergunta por que a gente tem um nome e registra as respostas das crianças em um papel grande que pode está pregado em uma parede próxima ao local da roda. Prossegue a conversa comentando: Olha só, na terceira estrofe do poema, Pedro Bandeira diz que foi o pai quem escolheu o nome da pessoa do poema. E o nome de vocês quem escolheu?

2º momento: O professor informa às crianças que elas irão entrevistar os pais para saberem um pouco da história do nome delas. A entrevista pode ser como no exemplo abaixo:

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO DA INFÂNCIA – CAp/UFRN      NATAL ________/_______/2010             TURMA 3BNOME __________________________________________   ATIVIDADE DE CASA   COM A AJUDA DE SEUS PAIS DESCUBRA A HISTÓRIA DE SEU NOME:   1- QUEM ESCOLHEU MEU NOME FOI __________________________  2- ESCOLHERAM ESSE NOME PARA MIM PORQUE __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________3- O SIGNIFICADO DO MEU NOME É __________________________

Fonte: Relato da prática, NEI, 2010

ATIVIDADE 2 – Percebendo semelhanças e diferenças nas escolhas dos nomes

1º momento: O professor iniciar a aula lendo as entrevistas das crianças. Durante a leitura vai chamando atenção para quem tem a história da escolha do nome parecida.

2º momento: Após a leitura organiza com a participação das crianças uma tabela para registrar as respostas relacionadas a quem escolheu os nomes das crianças da turma. O professor inicia questionando que título darão à tabela: – Gente o que combinamos escrever nessa tabela? Na primeira coluna da tabela o professor escreve o nome das crianças, na segunda quem fez a escolha dos nome delas e, na terceira coluna, o total de cada escolha, conforme se pode observar no exemplo abaixo:

TABELA DA ESCOLHA DOS NOMES DAS CRIANÇAS DA TURMA

Fonte: Relato da prática, NEI, 2010

ATIVIDADE 3 – Interpretando as informações do gráfico   

1º momento: Após a leitura dos dados dessa tabela, o professor propõe às crianças a construção coletiva de um gráfico de barra, informando que este ajudará a lembrar quantos nomes de crianças foram escolhidos pela mãe, pai, mãe/pai, avó, avô ou tia. O professor explica que o gráfico também precisa ter um título. Depois, explica que, diferentemente da tabela, no gráfico não vai ter os nomes delas, porque o gráfico vai informar a quantidade dos nomes escolhidos por cada categoria: pai, mãe, avô, avó ou tia.

Consultando a tabela, o professor pergunta qual o número que indica o maior total nas escolha e, explica que no gráfico cada coluna terá essa quantidade expressa na barra.  Ele explica, ainda, que no gráfico terá uma coluna para cada uma das pessoas que escolheu os nomes que estará escrita na parte inferior do gráfico, como no exemplo abaixo:  

GRÁFICO DA ESCOLHA DOS NOMES DAS CRIANÇAS DA TURMA

O professor desenha o gráfico em uma cartolina que pode ser afixada no quadro ou em uma parede próxima ao local da roda.   

2º momento: O professor distribui com as crianças retângulos de cartolina para elas ajudarem a preencher o gráfico. Então, consultando a tabela, ele pergunta quantos nomes de crianças da turma foram escolhidos pelo pai? Quantos retângulos nós vamos precisar para marcar essa informação? E solicita as crianças que venham colar. Prossegue dessa forma até completar todas as colunas do gráfico, como no exemplo abaixo:        

 GRÁFICO DA ESCOLHA DOS NOMES DAS CRIANÇAS DA TURMA

3º momento: Para oportunizar as crianças vivenciarem um pouco mais situações didáticas envolvendo o tratamento da informação através da interpretação do gráfico, o professor pode propor a seguinte atividade de registro:

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO DA INFÂNCIA – CAp/UFRN NATAL ________/_______/2010             TURMA 3B   NOME ________________________________________________   ATIVIDADE DE SALA   OBSERVE O GRÁFICO DE ESCOLHA DOS NOMES DAS CRIANÇAS DE NOSSA TURMA E RESPONDA. 1-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELA MÃE? ______2-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELO PAI? ______3-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELO PAI E PELA MÃE? _____4-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELO AVÔ? ______5-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELA AVÓ? ______6-    QUANTOS NOMES DE CRIANÇAS FORAM ESCOLHIDOS PELA TIA? ______

Fonte: Relato da prática, NEI, 2010

Recursos Complementares

Construção de tabelas – http://baudeideiasdaivanise.blogspot.com – Ao acessar o site procurar o indice do baú de ideias e clicar no link estatística. Nele o professor encontrará outras dicas sobre construção de tabelas e gráficos.

Gráfico e Tabela – http://www.wikipedia.org/ – Ao acessar o site digitar na caixa de pesquisa gráfico ou tabela e clicar na seta ao lado. Neste site o professor encontrará definições sobre os temas da aula.

  Entendendo tabelas e gráficos – http://portaldoprofessor.mec.gov.br  

– Ao acessar o site clicar no link espaço da aula e, em seguida no link sugestões de aula. Na caixa de pesquisa digitar o seguinte título CONSTRUÇÃO DE TABELA DE VALORES e clicar no link OK. Nesta aula o professor encontrará outras sugestões do trabalho com tabelas e gráficos na Educação infantil.

Capa do livro de Pedro Bandeira – http://www.livrariascuritiba.com.br – Para ter acesso a capa do livro de Pedro Bandeira ao entrar no site digita o título do livro na caixa de pesquisa e clica no link ok

Avaliação

A avaliação será realizada durante o decorrer das atividades em função dos seguintes critérios:

  • Da participação dos alunos ao longo das aulas.
  • Dos registros escritos das crianças acerca dos conteúdos trabalhados.
  • Do envolvimento das crianças durante a elaboração da tabela e do gráfico.
  • Da organização do pensamento e fala das crianças durante o relato das histórias de seus nomes e elaboração da tabela e gráfico.

Autor e Coautor(es)Autor: ANALICE CORDEIRO DOS SANTOS VICTOR

NATAL – RN NUCLEO EDUCACIONAL INFANTIL – NEI

Coautor(es): 

SUZANA MARIA BRITO DE MEDEIROS, MARIA JOSÉ CAMPOS FERREIRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *